quinta-feira, 13 de maio de 2021

Vacinação, finalmente chegou o esperado dia.

Um ano de reclusão, sem podermos nos socializar com parentes e amigos. Mudanças nas rotinas de trabalho, mudança nos hábitos diários como por exemplo qual o melhor dia e horário para ir ao supermercado, dúvida em cortar ou não o cabelo, uso constante de máscara, distanciamento social, enfim se adequar ao novo normal para se defender do ataque desse maldito vírus.

Ao longo desse tenebroso ano tivemos que conviver com o sofrimento e a dor pela perda de vários amigos, sem ao menos podermos nos despedir ou dar um abraço reconfortante aos familiares.

É muito triste e desesperador, saber que o vírus pode estar em qualquer lugar, e ainda assim milhares de pessoas, por N motivos, alguns justificáveis e obrigatórios, outros simplesmente por negligência, colocam em risco as suas vidas e de milhares de outras pessoas.

A opção adotada pelo governo federal da imunização de rebanho está se mostrando inadequada e ineficiente. Até hoje 428 mil famílias perderam seus entes queridos, uma média de 2.545 mortes por dia.

Até o presente momento 55.856.643 é o total de doses aplicadas, 37.197.671 pessoas receberam ao menos uma dose e 18.658.972 já receberam a segunda dose.

Aproximadamente 8% da população brasileira já foi vacinada, ou seja, um número muito pequeno e uma velocidade aquém de nossa capacidade de vacinação.

Hoje pela manhã, quando cheguei na UBS Sumaré para a vacinação, havia um misto de ansiedade, medo esperança, alegria, e foi exatamente esses sentimentos que pude presenciar em todas as pessoas que ali estavam.

Logo na triagem fomos muito bem atendidos, primeiramente checaram se os nossos nomes estavam na lista de agendamento, se estávamos portando os documentos necessários e exigidos por determinação oficial. Pegamos as nossas senhas e seguimos para a fase seguinte onde rapidamente fomos chamados e as nossas carteirinhas de vacinação foram preenchidas e entregues. Pronto mais uma etapa concluída só restava a última etapa, enquanto esperávamos a nossa vez pudemos presenciar várias pessoas saindo da sala de vacinação e confesso que foi a melhor fase do processo, pois vimos as mais variadas reações, pessoas saindo pulando de alegria, gritando felizes, chorando de emoção pelo tão sonhado momento da imunização a verdadeira esperança de vida.

Enfim foram cinco minutos de reflexão até eu ser chamado, agradeci primeiramente a Deus pela chance de ter conseguido atravessar esse ano e poder estar recebendo a primeira dose da vacina, agradecer a cada profissional da saúde que estava ali no dia de hoje, pois eu pude ver o brilho de felicidade no olhar de cada um, por fazerem parte desse exército que incansavelmente vem lutando dia a dia contra esse maldito vírus, dando a esperança de vida que toda a população brasileira espera. Muito obrigado a todos.

Vamos lutar pela vida, vamos pedir a plenos pulmões para que o governo federal faça a sua parte.

#VacinaJá #ObrigadoSus #QueremosViver

Autor: Valtão DeCastro

Nenhum comentário:

REFLEXÃO DO DIA 01.02.24

Todos nós conhecemos pessoas que, mesmo tendo tantas oportunidades, não as aproveitam, não agem e, por isso, estacionam na vida, não progrid...

OS MELHORES PITACOS