segunda-feira, 17 de junho de 2024

Idoso morto brutalmente em Santos

Os brasileiros estão matando pessoas como se nada mais importasse além dos seus egos feridos.

Venho me solidarizar com a família do Sr. Cesar Fine Torreso, assassinado brutalmente com uma “voadora” no peito, na frente de seu neto de 11 anos, por um “verme” de 39 anos.

Uma brutalidade desnecessária que arrancou de uma família, um trabalhador de 77 anos, pai, avô amoroso, carinhos e presente na criação dos netos, assim com um benfeitor na sua comunidade. O senhor Cesar passeava com seu neto e ao atravessar a rua quando chegou a calçada encontrou a morte.

Precisamos dar um basta, não podemos conviver e apoiar esse tipo de gente que não respeita o próximo. O sujeito mata porque, quase atropelou um senhor que atravessava a rua com o seu neto, e por instinto, o senhor deu um tapa sobre o capo do carro.

Não há justificativa para tamanha brutalidade; e ainda existem pessoas querendo inocentar esse assassino. Chega disso, cadê o respeito ao próximo. O brasileiro está jogando no lixo a bondade, o amor ao próximo, o respeito as diversidades que nos é peculiar. A troco de quê?

Vamos acordar antes que seja tarde demais, pois se não o fizermos, o próximo poderá ser você e quem estará de luto será a vossa família,

Nossos sentimentos a família Torreso

Valter DeCastro e família

Nenhum comentário:

REFLEXÃO DO DIA 04.07.24

Jamais nos sintamos impotentes diante dos desafios que surgirem em nosso caminho. A sensação de impotência, quando prolongada, traz repercus...

OS MELHORES PITACOS