quarta-feira, 7 de junho de 2023

REFLEXÃO DO DIA 07.06.23

Quando alguém se refere à passagem do Livro Sagrado, que considera a "ação de dar", uma bem-aventurança mais importante que a de receber, quase todos os Aprendizes do ensinamento se recordam da palavra "dinheiro".

Sem dúvida, em se tratando de bens materiais, há sempre maior alegria em ajudar que ser ajudado, contudo, é imperioso não esquecermos os bens espirituais que, irradiados de nós mesmos, aumentam o teor e a intensidade da alegria em torno de nossos passos e doações.

Assim, quem dá, recolhe a felicidade de ver a multiplicação daquilo que deu. Ofereçamos a gentileza e encorajaremos a plantação da fraternidade; estendamos a benção do perdão e fortaleceremos a justiça. 

Utilizemos da bondade e teremos o fortalecimento da confiança. Procuremos dar o bom exemplo e garantiremos a nobreza do caráter. 

Os recursos da Suprema Criação são distribuídos pelo Criador às suas Criaturas, a fim de que, em doação permanente se multipliquem ao infinito, e assim, seremos ajudados no Céu conforme estivermos ajudando na terra.

Ora, a lógica da prática do bem, é possuirmos o que damos. E não nos esqueçamos de que somos mordomos da vida em que nos encontramos, vivendo daquilo que nós mesmos nos servimos.

Portanto, cedamos ao nosso próximo algo mais que o dinheiro de que possamos dispor. Ofertemos também nosso interesse afetivo, nossa saúde, nossa alegria e nosso tempo e, então, tomaremos posse dos sublimes dons do amor, do equilíbrio, da felicidade e da paz, hoje e amanhã, neste mundo e na vida eterna.

Vivamos uma quarta-feira de afirmação da prática do "dar sem esperar recompensa", pois, o prazer dessa doação já é uma magna recompensa.


Um abraçaço!

Nenhum comentário:

REFLEXÃO DO DIA 01.04.24

Quando nos defrontamos com os nossos erros, limitações e fracassos, nós tendemos a rebaixar os níveis de nossa autoestima, com graves prejuí...

OS MELHORES PITACOS